Beyond Good & Evil 2 – O que precisa para ser um dos melhores jogos de PlayStation 4?

Em Novembro de 2003 a Ubisoft lançou para Xbox, Windows, Gamecube e Playstation aquele que seria um dos melhores jogos PlayStation 4, Beyond Good & Evil, desenvolvido por Michel Ancel, nada menos que o criador de Rayman.

Beyond Good & Evil é um título de Aventura, puzzles e stealth, com personagens e enredo tão cativantes quanto os dos melhores RPGs, um cenário crível e rico e jogabilidade muito divertida e fácil de compreender.

Os gráficos eram impressionantes na época de seu lançamento e o game tinha potencial para ser um dos melhores jogos PlayStation 4, a mistura de todos os elementos que deram certo garantiram a este título uma recepção alta da crítica especializada, conquista difícil para um game estreante, mas suas vendas não explodiram no seu lançamento (falta de marketing, como já admitiu a Ubisoft), foram crescendo conforme o game foi conhecido, gerando uma comunidade de fãs cativos notável.

Uma sequência foi anunciada na E3 de 2008, o que deixou os fãs extremamente ansiosos com a expecitativa do lançamento do jogo, mas a Ubisoft não deu uma única palavra sobre o desenvolvimento desta sequência até que na E3 2016 liberou uma imagem sobre o game e a declaração que estaria em desenvolvimento. Apenas na E3 2017 fomos agraciados com um trailer estonteante e mais detalhes sobre o game, com o detalhe de que se trata de uma prequel.

Beyond Good & Evil 2 – O que precisa para ser um dos melhores jogos de PlayStation 4?

O game assim como o primeiro trará uso de itens, exploração de cenário, combate corpo a corpo e com armas, mas como novidade teremos não apenas um mundo aberto, mas um cenário com sistemas solares com planetas habitados para serem explorados, criados de modo procedural, a partir de naves espaciais que a Ubisoft afirma que são enormes. Sem dúvida elementos que podem tornar o jogo um dos melhores jogos PlayStation 4. As ambições criadas com o anúncio e as revelações da desenvolvedora trazem uma imensa responsabilidade, mas diante do brilhantismo de Michel Ancel e dos recursos e do tempo que a Ubisoft dedicaram ao jogo não é possível resistir ao hype da expectativa e pensar deste que promete ser não só uma sequência digna, mas revolucionário.

O game não tem data de lançamento ainda revelada, mas podemos ver mais detalhes do veremos em sua chegada no seu site oficial. Eu estou na expectativa de colocar as mãos em Beyoond Good & Evil 2. E vocês?

Anúncios